Moscas volantes

Moscas volantes são pequenos pontos escuros, manchas, filamentos,  círculos ou teias de aranha que parecem mover-se na frente de um ou ambos os olhos.

Elas ocorrem subitamente, inicialmente  o paciente acha tratar-se de algo fora do seu olho, mas com o tempo percebe que a alteração é dentro de sua própria visão.

As moscas volantes são mais fáceis de perceber ao olhar fixamente para uma parede branca .

Causas
Com o envelhecimento, o vítreo, um fluido gelatinoso que preenche o globo ocular , torna-se mais condensado em algumas partes , formando grumos.

As moscas volantes são estas condensações flutuando no vítreo dentro do olho. Ao passar na linha de visão as condensações (moscas volantes) bloqueiam a luz e lançam sombras na retina.

Grupos de risco
As moscas volantes ocorrem geralmente após 45 anos, em míopes, após cirurgia de catarata, após yag laser ou após inflamação dentro do olho (uveíte).

Tratamento
Se você tiver sintomas de moscas volantes procure um oftalmologista. Ele realizará o mapeamento de retina e uma ultrassonografia ocular para certificar se há rasgos na sua retina ou tração na retina.

Se houver rasgos na retina (degeneração periférica da retina) a fotocoagulação a laser será indicada. Se houver tração vítreo retiniana seu caso será estudado com possibilidade de cirurgia de  vitrectomia posterior.

Se não houver alterações na retina, você será acompanhado semestralmente. Com o passar do tempo as moscas volantes podem diminuir espontaneamente.

O risco maior é das moscas volantes rasgarem a retina e causar o descolamento de retina, que pode levar à cegueira. Por isso no caso de sintomas o  acompanhamento com um oftalmologista é necessário .

Dra Jenniffer Laura Daltro Monteiro da Silva Loures
CRM MT 4305
RQE 3406
Especialista em Oftalmologia pela Santa Casa de Belo Horizonte de Minas Gerais
Fellow em Retina e Vítreo Clínica e Cirúrgica pela Santa Casa de Belo Horizonte
Título de Especialista em Oftalmologia pela Associação Médica Brasileira e pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Membro da Academia Americana de Oftalmologia
Membro da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *